Puno, Arequipa, Cusco and Lima are the preferred destinations for tourists

IMG_0562-HDRThe destinations preferred by tourists are Puno, Arequipa, Cusco and Lima, according to the president of the hotel corporation, Mario Mustafá.

Tourism is quite dynamic in these cities that are valued and appreciated by national and international tourists, due to its history and culture.

In that sense, the Peruvian hotel chain bought the Hotel Libertador de Arequipa, previously owned by the Peruvian group Breca, in order to be present in this important region of the country.

Mustafá referred that it is the second city in our country with more economic growth and it was a destination the customers ask for a lot.
Peru, preferred destination

It should be remembered that in the middle of this year, Promperú reported that our country is in the top ten of preferred destinations for the group incentive travel segment, being the only country in Latin America considered on this list and surpassing Canada, New Zealand, Japan and Greece, among others.

Peru ranks third in the list led by Portugal, with special emphasis on the city of Lima and Cusco.

The capital of the country is an urban destination with a lot of culture embodied in its architecture shows the colonial and pre-Hispanic past.

The Commission for the Promotion of Peru for Exports and Tourism (Promperú) pointed out that it is known that thousands of international companies motivate and reward their collaborators with incentive trips, as well as others that make their clients loyal under this business practice.

Anuncios

Cusco: quanto você tem que pagar para entrar nessas grandes atrações turísticas?

IMG_2177

Cusco é muito mais que Machu Picchu. As diferentes atrações turísticas que esta cidade nunca deixará de surpreender, por isso, não é surpresa que várias publicações especializadas a catalogem como um dos destinos imperdíveis do mundo.

Mas como em qualquer viagem, o orçamento é sempre uma das coisas que não podem ser perdidas, fizemos uma lista dos custos de entrada que você terá que pagar se você quiser visitar alguns dos lugares alternativos que valem a pena descobrir em Cusco. Você se atreve a conhecê-los durante suas próximas férias?

Pantanal de Huasao

Esta atraente alternativa Cusco está localizada na cidade de Huasao. Durante o passeio você pode ver três lagoas de diferentes tamanhos que são a boca da lagoa Pachatusan. A principal atração está concentrada nas figuras do Groots e Ents, réplicas de filmes do cinema; que tem sido chamado como guardiões da floresta.

A zona húmida pode ser visitada de segunda a domingo, a partir das 9 da manhã. às 16:30 O custo da entrada é S / 1,50, seja para turistas locais, nacionais ou estrangeiros.

Para chegar da cidade de Cusco, você pode pegar os ônibus locais (E.T. Saylla – Huasao) na Avenida da Cultura (s / 1.20). O tempo médio de viagem é de 50 minutos. Outra maneira de ir ao local é pegar um táxi particular, que em média tem o custo de S / 120.

Montanha das Sete Cores (Vinicunca)
A montanha tem uma das vistas mais espetaculares da Cordilheira do Vilcanota. É muito perto do Ausangate nevado, e tem uma coloração natural, como resultado da presença de rochas sedimentares na erosão. O impressionante é como os minerais dessas rochas formaram uma espécie de arco-íris ao longo da rota. Nos arredores você pode ver lhamas e alpacas.

Está localizado na província de Quispicanchis em Cusco. Pode ser alcançado por embarcar em um veículo de Cusco a Pitumarca. A viagem dura cerca de 3 horas e vai pela estrada que leva de Cusco a Puno. A taxa de entrada é S / 5 para adultos nacionais e S / 10 para adultos estrangeiros.

Salineras de Maras
Fica a 10 km da cidade de Maras (30 minutos de carro ou 2 horas a pé).

São minas de sal cuja exploração é tão antiga quanto o Tahuantinsuyo. A visita do grupo de aproximadamente três mil piscinas é espetacular. Os aldeões mostram aos visitantes suas técnicas ancestrais e permitem que eles intervenham na coleção. O custo da admissão é S / 15.

Choquequirao
É conhecida como a “sagrada irmã” de Machu Picchu por causa da semelhança de seus terraços e praças cerimoniais. Ele está localizado na província de La Convención, em Cusco, e chegando da cidade pode levar entre 10 a 12 horas.

A rota mais conhecida e viajou por operadores e viajantes para chegar ao Choquequirao parte da cidade de Cusco. Primeiro você deve pegar um ônibus de S / 5 e ir para o km 154 da estrada em direção a Abancay e fazer o desvio para a cidade de Cachora. Custos gerais de admissão S / 60.

Como fazer as melhores fotos nos lugares turísticos de Cusco?

IMG_8289

Você pode fazê-las com seu celular, uma câmera compacta ou profissional. É apenas uma questão de paciência e um bom quadro.
Cusco é uma das regiões com um número infinito de atrações turísticas, entre elas, ruínas, monumentos históricos, aldeias tradicionais, natureza, etc.

Sem dúvida, tantas maravilhas para retratar com uma câmera, mas é importante ter tempo para definir seu objetivo e capturá-lo, só assim você poderá ter fotos de qualidade, seja com uma câmera profissional ou um celular.
A Inca Rail, uma empresa ferroviária, compartilha uma pequena lista dos quatro lugares onde você deve tirar uma foto se visitar a Cidade dos Incas e como obter a melhor captura:

1. Machu Picchu É impensável ir a Cusco e não tirar uma foto em Machu Picchu. O melhor lugar para a sua fotografia está localizado na Casita del Guardian, uma vez lá virar, esticar a mão e simular jogando o Huayna Picchu.

2. Huayna Picchu. Se você quer um tiro completo da cidade de Machu Picchu, você deve colocar algum esforço e subir a montanha de Huayna Picchu. A subida varia entre 45 a 60 minutos, mas vale a pena. Quando você chegar ao topo, sente-se na cadeira de pedra e você terá uma memória inesquecível.

3. Catedral de Cusco. Ele está localizado a nordeste da Plaza de Armas de Cusco, foi construído no antigo palácio do Inca Wiracocha e hoje é considerado o monumento religioso mais importante do Centro Histórico de Cusco. Se você quer que sua imagem apareça completa, você deve se afastar alguns metros dela, o que for necessário, para que o fundo seja visto e você não o perca.

4. Montanha de 7 cores. Descoberto recentemente, a montanha Vinicunca tornou-se uma das principais atrações turísticas. Está localizado a 5.200 m.s.n. Sua paisagem é impressionante, não só pelas cores, mas porque na frente dela. Para tirar uma foto, você terá que chegar o mais perto possível da sua câmera, para que você seja o primeiro plano e a montanha o fundo.

Presence of Qatar Airways increases in 30% arrival of Chinese tourists to Peru

IMG_8599

The president of the National Chamber of Tourism (Canatur), Carlos Canales, estimated that if Qatar Airways entered Peru, the arrival of Chinese tourists to the national market would increase by 30%.

called on the government to sign a trade agreement with Qatar so that its flag line (Qatar Airways) can begin commercial air operations to Peru.

In addition to being one of the most important in the Arab market, it has the best connectivity for Asian countries, especially in cities of India and China, as it handles more than 25 destinations. Chinese tourists could enter through Buenos Aires (Argentina) and continue towards the city of Lima, “he explained.

He said that a series of negotiations began with Qatar Airways more than two years ago and the problem arises in the tariff area that Indecopi should provide a solution in the short term.

When asked about the presence of tourists from India to our country, Canales indicated that the hotels would have to work on the food issue due to their limitations for religious reasons.

“However, Peruvian hotels already have experience due to the appointment of ASPA (Appointment of Latin America and Arab countries) and in that opportunity, they were successfully adapted to the demands of representatives of various Arab countries,” he recalled.

O que os estrangeiros em Cusco procuram e quanto gastam?

IMG_7865

Cusco é uma das principais atrações do Peru e diariamente mais de 3 mil turistas chegam à cidade; deles, 76% são estrangeiros e 24% nacionais ou locais. Cada turista organiza sua viagem de maneira diferente e seus objetivos não são os mesmos, por isso existem oportunidades e serviços especializados que as agências de viagens oferecem para cada público.

“Os turistas estrangeiros vêm para Cusco para explorar a riqueza da cultura Inca, porque todas as rotas ou pacotes turísticos que se conectam com a natureza ou localização será a sua primeira escolha”, disse Maritza Montero, gerente comercial da Inca Rail.

De acordo com um estudo da PromPerú, os turistas extraíram o plano de sua viagem a Cusco com uma média de dois meses de antecedência, além disso, geralmente vêm em grupos de 3 pessoas e ficam por pelo menos 6 dias.

Além disso, sabe-se que 26% dos turistas estrangeiros são de origem americana, seguidos pelos argentinos e colombianos com 9% cada. Esses viajantes chegam ao Peru para conhecer as principais atrações turísticas como Machu Picchu, Sacsayhuaman, Qoricancha, etc.

Da mesma forma, 52% dos viajantes procuram conhecer os costumes locais, por isso, oferecer-lhes pacotes vivos nas comunidades pode ser uma ótima oportunidade para promover o turismo.

Outro grupo de turistas está interessado em ter uma viagem tranquila e descansar, é assim que este tipo de viajantes aposta para ficar em hotéis de 4 a 5 estrelas, onde podem desfrutar de serviços de luxo.

Por outro lado, um fato interessante é que 32% dos turistas vêm em casal, apenas 8% vêm com crianças. Este último grupo, apesar de ser uma minoria, é importante que as empresas ofereçam serviços adequados para as crianças, pois requerem cuidados especiais em ambos os passeios, atividades e alimentação, por isso a Inca Rail implementou um programa Kids Friendly, para que crianças e adultos aproveitem a viagem ao máximo.

Peru and Singapore will sign air connectivity agreement to encourage commercial flights

panoramico-11 (2)

The governments of Peru and Singapore will sign an important agreement that will allow the connectivity of their skies and will reinforce the commercial and tourist dynamism of both nations.

The signing of the agreement, prepared and agreed by the Ministry of Transport and Communications (MTC), through the General Directorate of Civil Aviation (DGAC) and the Civil Aviation Authority of Singapore, is scheduled for October 16.

This important and historic bilateral treaty – the first between both countries on commercial aviation – will be signed by the Deputy Minister of Transport of Peru, Carlos Estremadoyro Mory; and by the head of the official delegation and senior director of International Relations and Security of the Ministry of Transport of the Government of Singapore, Bernard Lim, as part of the 46th Meeting of the APEC Transport Group (TPTWG-46), to be held in the Convention Center of Lima.

The agreement marks the beginning of the commercial air relations between Peru and Singapore, which, due to its liberalized nature, provides solid foundations for air operators of both countries to establish air services for the transport of passengers and merchandise.

COMMERCE AND TOURISM
In this way, greater international connectivity with the Asia-Pacific region is fostered, for the benefit of the users, as well as the development of tourism and trade of both nations.

This agreement is the third one that Peru signs with member countries of the Asia-Pacific Economic Cooperation Forum (APEC), after China and Australia, in air-commercial matters.

Therefore, the attractiveness of the Peruvian aviation market will be increased, by facilitating interconnection between Peru and Asian countries, and will contribute to the consolidated position of our nation as one of the main hubs of the region.

The air services agreement is one of those that the MTC works, in aero commercial matters, through the DGAC, with the objective of growth and promotion of aviation and air connectivity of our country with the world.

One and a half million Chilean tourists will arrive in Peru this year

IMG_0598-HDR

The Minister of Foreign Trade and Tourism, Rogers Valencia, yesterday gave the starting signal of the binational ultra marathon “Race Without Borders”, competition that has an extension of 60 kilometers and that united the cities of Tacna (Peru) and Arica (Chile ).

In statements to the press, from the Parabolic Arc of Tacna, the Minister of Mincetur said that this competition is a clear sign of integration between the two countries.

“The central objective is to promote two emblematic cities and present the world with a powerful message of integration,” he said.

It should be noted that the binational ultra marathon will culminate in the afternoon at the foot of the Historic Morro de Arica, crossing the border crossing of Chacalluta.

ABOUT COMPETITION
The ultra marathon “Race Without Borders” brings together more than 250 athletes of different nationalities (60% Chilean, 35% Peruvian and the rest of countries such as Colombia and Venezuela).

  It is important to mention that for the first edition of the ultra marathon the development of two modalities was foreseen: 1) A runner (60 kilometers) and 2) by teams (relays), that is to say formed by three runners (20 kilometers each) and six runners (ten kilometers each), divided into three categories.

  ARRIVAL OF TOURISTS
Minister Valencia pointed out that, at the end of 2018, it is projected to receive 1’500,000 tourists from Chile, which represents 5% growth compared to 2017.